2014 - Costa Verde - Cruzeiros - Eventos - ABVC
Home
Quem Somos
Notícias Classificados Loja Virtual Fale Conosco Associe-se  Login
Blog
Eventos
Informações Técnicas
Informações Náuticas
Mural Meteoromarinha Outras Previsões
Home  >  Eventos  >  Cruzeiros  >  Costa Verde  >  2014  
2014

logo CCV 2014_ES

 

Atualizado em 26/7

Este ano, o CCV, cruzeiro em flotilha pelas baias de Ilha Grande e Sepetiba, sairá de Paraty, com o roteiro e programação abaixo.

O CCV pode ser acompanhado pelo SPOT clicando AQUI.

Abaixo, você pode ler um breve relato do que está acontecendo ou aconteceu neste Cruzeiro simpático.

 

O limite de 25 barcos foi rapidamente atingido.

 

PROGRAMA DO V CRUZEIRO COSTA VERDE - 2014

19/07/14 (13:00) saída de Paraty (I. da Bexiga) rumo à Ilha do Cedro
20/07/14 (09:30) saída da Ilha do Cedro, rumo à I.Grande (Saco do Céu) reunião de comandantes (18:00 hs.)
21/07/14 (09:30) saída do Saco do Céu, rumo a Sepetiba (praia da Estopa)
22/07/14 (09:30) saída da Estopa, rumo à praia de Quitiguara (churrasco), com parada em Itacuruçá (abastecimento)
23/07/14 (09:30) saída de Quitiguara, rumo à Ilha do Martins
24/07/14 (09:30) saída da Ilha do Martins, rumo à enseada do Abraão (CRENA)
25/07/14 (11:30) saída do Abrão, rumo à Praia da Tapera
26/07/14-(13:00) almoço de confraternização na Tapera


Inscrição: R$ 150,00 / tripulante dará direiro a camiseta, sacola, 1 flâmula por veleiro, churrasco na Quitiguara e almoço final.


A reunião de comandantes acontecerá domingo dia 20/07/2014 às 18h00 no Coqueiro Verde, Saco do Céu.

Regulamento

Termo de Responsabilidade

Veleiros Participantes

  VELEIRO COMANDANTE
1 Jazz 4 Volnys Borges Bernal
2 Kilimandjaro Philippe Gouffon
3 REGWELL Eduardo Schwery
4 LEHAIM Armin Kunz
5 Moluco Do Rera Ruy Barbosa de Campos
6 BOLERO Claudio Santini
7 Adventure II Agostinho Tadeu Auricchio
8 Aramis Ayrton Alves de Aguiar Filho
9 VOE Elson Eduardo Bueno
10 NAPOLEÃO Mauricio Napoleão
11 APEYRON Venicio Venancio de Almeida
12 LUNA ROSSA Paulino Talarico Correa
13 ENERGIA Telmo Jacomo Lunardi
14 NAUMI Rui Alcide Nobre de Zeferino Talaia
15 Dreams Lauro Malheiros Neto
16 REAL-AMARANTE Adilson Felix Ferreira
17 FILHO DO VENTO MURILO JUNQUEIRAo
18 ALPHA SHOW Antonio Alexandre Monteiro Lopes
19 Amanhã II Henrique Lage neto
20 Tamuatoa 2 Antonio Manoel Esteves
21 Mister Albert Alberto Penno Junior
22 Our Dream Rogério Silva Rodrigues
23 YAREBE Marcelo Gastaldi
24 SLOCUM Jose Roberto de Paiva
25 TONABOA I Paulo Voinschi
26 Catavento José Eduardo de Mello Freire
27 Minerin Ariel Ribeiro da Luz

 

Relato

Sábado 19/07

CCV_saida

A flotilha saiu da Ilha da Bexiga pontualmente às 13h00, com destino à Ilha do Cedro. Havia pouco vento, na cara, e apenas o Dreams tentou velejar de inicio, o resto da flotilha orçou com vento de porão. Na metade do percurso a brisa aumentou um pouco, dava para orçar no rumo entre 3 e 4 nós, prazeirosamente.

Conversa ouvida no VHF: um participante avisou que sairia um pouco depois pois estava abastacendo. A resposta: "Tudo bem, você conhece o caminho das  pedras. Até  mais".

CCV_Cedro

 

A flotilha ancorou, parte na frente do Nelson e o resto frente à praia.

Domingo 20/7

A flotilha se deslocou do Cedro para o Saco do Céu, em Ilha Grande, onde ancorou ou apoitou frente ao restaurante Coqueiro Verde. Alguns barcos que não largaram de Paraty já estavam ai aguardando o grupo. O restaurante ofereceu espaço onde todos os participantes compareceram, para receber as camisetas e sacolas. Cada barco recebeu um lindo pano de prato com o nome bordado junto com o logo do CCV. Pano de prato apenas para a dona Rô (Mister Albert), que os ofereceu, pois para todos nós é muito mais uma linda toalha!

A reunião dos comandantes aconteceu logo em seguida, com a entrega das rotas, waypoints e instruções gerais.

CCV_saco

O Coqueiro Verde ofereceu 10% de desconto para quem fosse jantar e muitos aproveitaram.

Segunda feira 21/7

Pontualmente às 9h00 foi feita a chamada de cada barco e às 9h30 começamos a zarpar:

CCV_prep_saco

Depois de sobrevoada por um drone que filmou cada barco, a frota saiu do Saco do Céu:

CCV_saida_saco

e foi em direção à praia da Estopa, na ilha de Jaguanum. Incialmente havia pouco vento e todos foram motorando. A leve brisa foi aumentando e cerca de 1/3 da frota começou a velejar, orçando a um pouco mais de 2 nós com um tempo magnífico. Os que insistiram conseguiram ir até mais de 5 no inicio da tarde.

Com a previsão de brisa do Leste, o comodoro Eduardo decidiu relocar a frota para a Praia Grande na ilha de Itacuruça, totalmente abrigada:

CCV_Praia_Grande 

À noite  soprou um Leste que alguns comandantes relataram como 30 nós nas rajadas. Talvez seja muito mas o fato é que 2 veleiros garraram.

Terça 22/07

Saimos um pouco amis tarde que o previsto, devido a um reparo de bomba de refrigeração do motor de um dos veleiros que contou com o auxilio de diversos velejadores - num grupo de 25 veleiros sempre há quem entenda de algum problema ou tenha as ferramentas necessárias, a vantagem dos cruzeiros! Vamos abaixo os barcos se preparando para sair e seguindo o Skat Rio para passar sem encalhar num banco de areia em direção a Itacuruçá:

CCV_Saida_PGde_1

 

CCV_Saida_PGde_2

Alguns seguiram direto para a praia de Quitiguara mas boa parte parou frente a Itacuruçá para reabastecer em diesel, água ou comida, até almoçar na cidade:

CCV_Itacuruca

No fim da tarde toda a flotilha estava ancorada na praia de Quitiguara, aguardando o churrasco que se prolongou até 21h00, terminando por uma roda dos velejadores (motoradores?) em volta de uma fogueira, quando cada comandante teve que expor porque comprou um veleiro e a origem do nome da sua embarcação. Muitas histórias e estórias interessantes...

CCV_Quitiguara

Quarta feira 23/07

A noite foi um caos para muitos. Entrou um vento forte de E/NE, com rajadas acima de 20 nós. Como a foto acima mostra, muitos haviam ancorado próximos de outro veleiro, sem opção de poder soltar mais cabo quando o vento aumentou. Muitos garraram e a noite toda ouvia-se barulhos de guinchos levantando ferro e barcos se deslocando. O dia amanheceu com parta da flotilha ancorada longe da praia e ausência de outros, que durante a noite foram buscar abrigo na praia Grande ou no saco das Água Lindas, lado Sul da Ilha de Itacuruça.

Às 8h00, após uma chamada geral, a flotilha restante se deslocou de volta à praia Grande, desta vez ancorando bem espalhada, com bastante cabo ou corrente, frente à previsão de ventos fortes de NE a N durante a próxima noite. O programa para a Ilha do Martins foi abandonado, o CCV vai ficar na Praia Grande até amanhã, zarpando então para o Abrão, se nada mudar até lá no tempo.

Quem ficou a noite toda acordado já se recolheu para dormir um pouco. Na Praia Grande, o mar está calmo e o vento leve. Nada a ver com Quitiguara. Diversos barcos bateram numa pedra não marcada em S 22 56.407, W 043 52.608.

No inicio da tarde, com a previsão de ventos do Norte acima de 10 nós, alguns veleiros decidiram zarpar em direção a Abraão ou diretamente a Tapera. Chegaram a destino aparentemente sem maiores problemas (não recebemos detalhes da viagem). A maioria ficou na praia Grande e teve uma noite bastante calma pois a frota estava bem abrigada. O lado positivo da saida antecipada foi deixar mais espaço de ancoragem...

Quinta feita 24/07

Como dito a noite na praia Grande foi tranquila, um pouco de vento na madrugada sem incidente algum. De manhã a previsão era de vento do Norte com rajadas até 20 nós, até a hora do almoço. Barcos que sairam logo cedo voltaram registrando vento acima de 30 nós logo saindo do abrigo da Ilha de Itacuruça. O vento foi baixando conforme a previsão. Alguns sairam entre 10:00 e 12:00 e enfrentaram ventos instáveis com rajadas de25 ou mais e bastante carneirinhos mas, navegando com buja ou genoa apenas, aproveitaram bem uma velejada mais esportiva... e terminaram motorando. O restante da flotilha saiu um pouco depois do meio dia, velejando no inicio e motorando boa parte do caminho.

Para os menos experientes, este dia deve ter mostrado o lado "paciência" da vela de cruzeiro  aguardar o bom momento para zarpar - e talvez algumas técnicas de vela com ventos mais intensos. Já tinham visto e viram de novo, também, o aspecto "solidariedade" dentro de uma flotilha, em que quem pode ajudar raramente se furta de fazê-lo, mesmo que isto represente esforço, desgaste ou simplesmente tempo.

Parte dos veleiros que estavam no Abraão, vindos no dia anterior, sairam para Tapera temendo a frente fria ("tão falando que vem vento de mais de 70 km/h)" que está prevista para sexta cedo, deixando, de novo, bastante lugar de ancoragem para o resto do CCV.

CCV_Abraao

Sexta feira 25/07

Após uma noite tranquila, a frente passou no inicio da manhã, com ventos de SW na faixa de 20 nós como previsto. Com a previsão de diminuição progressiva do vento, todos bem ancorados, os 13 veleiros no Abraão ficaram até sábado quando seguirão para Tapera para o churrasco, juntando-se aos 10 que já estão por la.

O dia foi ficando cada vez mais calmo, com chuviscos esparsos. Algumas tripulações foram para a vila com taxiboats ou usando seus própios botes, outras se recolheram no seu barco, fazendo manutenção ou descansando.

Sábado 26/07

Chamada às 8h30, saida às 9h00, com mar liso, vento nulo, céu encoberto, chuviscos de vez enquanto. Em duas horas, todos os veleiros que motoraram para Tapera já estavam ancorados ou apoitados. Alguns foram direto para Angra ou Paraty, antecipando sua partida.

 

CCV_Tapera

 Todas as tripulações foram convocadas para brincadeiras antes do almoço, organizadas pelas almirantas do Regwell e Mr.Albert. Brincadeiras ou almoço, o fato é que a praia se cobriu rapidamente de botes:

CCV_Tapera_botes

Terminadas as bricadeiras (gritos de guerra, nós, coral, fazer um elástico em volta da cabeça passar de baixo do nariz para o pescoço somente com movimentos faciais, etc...), almoçamos deliciosamente uma lasanha de peixe, especialidade da Telma, acompanhada de salada e arroz de lula. Muito papo e metade se foi de volta a Paraty, o resto decidindo pernoitar no sossego e voltar amanhã. Ambiente de fim de festa, com chuvisco mais intenso e uma faixa querendo prolongar o CCV:

CCV_Tapera_faixa

Até o HEXA Cruzeiro Costa Verde em 2015!




Associação Brasileira
de Velejadores
de Cruzeiro

© 2013 ABVC
Quem Somos
      A ABVC
      Diretoria Interior
      Estatuto
      Atas
            Ata da criação
      Nossos Objetivos
      Benefícios para Associados
      FAQ
Associe-se
Notícias
Blog
Eventos
Informações Técnicas
Informações Náuticas
Mural
Meteoromarinha
Outras Previsões
Classificados
Loja Virtual